quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Técnica de Escovação.

Escovar os dentes é um hábito diário que evita a formação  da placa bacteriana que com o passar do tempo se transforma em tártaro. O primeiro passo para uma boa escovação é a escolha da escova dental . Essa escova deve ter cerdas macia para não provocar lesões na gengiva. O creme dental também é um fator importante na escovação, por isso escolha um produto que contenha flúor. A escovação precisa ser minuciosa, atuar de forma ampla na boca de modo que elimine todas as placas bacterianas e resíduos de alimentos acumulados nos dentes.
Existem várias técnicas de escovação envolvendo diferentes combinações de movimentos horizontais, verticais e rotatórios. Na técnica que recomendamos, posicione as cerdas da escova em uma angulação de 45º em relação ao dente, em direção à gengiva, fazendo movimentos circulares envolvendo dente e gengiva, assim promoverá limpeza dental e estimulação gengival.

A eficácia da limpeza dos dentes depende basicamente da qualidade da escovação feita pelo paciente, por isso não e necessário colocar força na hora de escovar os seus dentes.

Veja abaixo a maneira correta de escovar os dentes:
 
 

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Lute Sempre!



Desejo que você
Não tenha medo da vida, tenha medo de não vivê-la.
Não há céu sem tempestades, nem caminhos sem acidentes.
Só é digno do pódio quem usa as derrotas para alcançá-lo.
Só é digno da sabedoria quem usa as lágrimas para irrigá-la.
Os frágeis usam a força; os fortes, a inteligência.
Seja um sonhador, mas una seus sonhos com disciplina,
Pois sonhos sem disciplina produzem pessoas frustradas.
Seja um debatedor de idéias. Lute pelo que você ama.
(Augusto Cury)

terça-feira, 1 de novembro de 2011

A cada dia, um recomeço!





Não importa onde você  parou,
Em que momento da vida você cansou…
O que importa é que sempre é possível
E necessário RECOMEÇAR.

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…
É renovar as esperanças na vida e,
o mais importante…
Acreditar em você de novo.
Sofreu muito neste período?
Foi aprendizado…
Chorou muito?
Foi limpeza da alma…
Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia…
Sentiu-se só por diversas vezes?
É porque fechaste a porta para os anjos…
Acreditou em tudo que estava perdido?
Era o ínicio da tua melhora…
Onde vc quer chegar?
Ir alto?
Sonhe alto…
Queira o melhor do melhor.
Se pensamos pequeno…
Coisas pequenas teremos.
Mas se desejarmos fortemente o melhor e
principalmente lutarmos pelo melhor…
O melhor vai se instalar em nossa vida.
Porque  sou do tamanho daquilo que vejo.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

UM BELO SORRISO!

Um belo sorriso é o primeiro passo para aumentar a autoconfiança, melhorar a auto-estima pessoal e profissional. Nosso sorriso é grande parte de nossa identidade e como somos percebidos por outras pessoas. Levando esse assunto em consideração - em um estudo americano recente, 72% das pessoas concordaram que pessoas com dentes saudáveis são tipicamente melhor tratadas em situações sociais. Ao mesmo tempo, quase metade disse que dentes maltratados deixam uma impressão negativa. 
Com tanta  tecnologia hoje no mercado da Odontologia, torna-se mais fácil do que nunca melhorar o seu sorriso e experimentar a diferença de aumento de confiança em sua vida profissional, pessoal e uma comunicação mais clara em entrevistas ou quando falar em público.

Nós cuidamos do seu sorriso!

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

O que é um Tratamento de Canal ?

O que é Tratamento de Canal?

video
O que é tratamento de canal?

O tratamento do canal consiste na remoção da polpa do dente ou nervo como é popularmente conhecido, encontrado em sua parte interna. Uma vez que a polpa foi danificada, infeccionada ou morta é removida, o espaço  deve ser limpo, preparado e preenchido. Este procedimento sela o canal. 

Os casos mais comuns de polpa infeccionada ou morta são:
  • Dente quebrado
  • Cárie profunda
  • Dano ao dente, que pode ser uma trauma antigo ou recente.
Com a polpa infeccionada ou morta, se não tratada, pode se formar  uma lesão dentro do osso maxilar, formando um abcesso. O abcesso pode destruir o osso ao redor do dente, causando dor e inchaço na região.

Como é tratado o canal?

Atualmente o tratamento de canal é  realizado em sessão única na maioria dos casos.

  • É  feita uma abertura na da parte posterior de um dente frontal ou na coroa de um dente posterior, molar ou pré-molar.
  • Em seguida a polpa  é removida e  o espaço pulpar e os canais são esvaziados,  modelados e limpos  para uma posterior obturação e selamento.
  • Se mais de uma visita for necessária, uma restauração temporária é colocada na abertura da coroa, a fim de proteger o dente no intervalo das visitas.
  • Na etapa final, uma restauração é  colocada sobre o dente para restaurar seu formato e lhe conferir uma aparência natural. Se o dente estiver fraturado ou muito destruído pode ser necessário colocar um pino  ecimentado no canal antes da confecção da coroa.

Qual a durabilidade de um dente restaurado?

Os dentes restaurados podem durar a vida toda quando tratados adequadamente. Devido ao fato de ainda ser possível o aparecimento de cárie em um dente tratado, uma boa higiene bucal e exames dentários regulares se fazem necessários, a fim de evitar problemas futuros.

Como não há mais uma polpa viva que mantenha o dente com vitalidade, os dentes com tratamento de canal podem se tornar quebradiços e mais sujeitos à fratura. Este é um importante aspecto a ser levado em conta quando for optar entre uma coroa ou restauração após o tratamento de canal.

Para se determinar o sucesso ou fracasso do tratamento de canal, o método mais confiável é comparar novas radiografias com aquelas tiradas antes do tratamento. Esta comparação mostrará se o osso continua sendo destruído ou se está sendo regenerado.







sexta-feira, 16 de setembro de 2011


Escolhendo um Dentista

Como escolher meu dentista?
Um bom início é pedir referências para as pessoas em quem você confia: seus amigos, membros de sua família, conhecidos, colegas de trabalho, seu farmacêutico ou o médico da família. Pergunte a eles com que tipo de dentista fazem o seu tratamento dentário (clínico geral ou especialista), há quanto tempo tratam com este profissional e como é o relacionamento que mantém. É importante que você escolha um dentista com quem você se sinta bem.

Que tipo de dentista eu estou precisando?
Os profissionais com formação geral são treinados para fazer todo tipo de tratamento e podem, se for preciso, indicar um dos especialistas relacionados abaixo:

  • Odontopediatra: especializado no atendimento de crianças.
  • Endodontista: diagnostica e trata de enfermidades da polpa dentária e canais radiculares, ou seja, tratamentos de canal complicados.
  • Protesista: especializado na confecção de coroas, próteses dentárias fixas, removíveis ou próteses totais conhecidas como dentaduras.
  • Patologista bucal: usa procedimentos laboratoriais para diagnosticar problemas bucais. Também é especializado em odontologia forense.
  • Cirurgião bucal/maxilofacial: remove cistos, tumores e dentes. É preparado para corrigir fraturas ou outros problemas que exijam tratamento cirúrgico, inclusive da articulação temporomandibular (ATM). Esses profissionais também usam métodos de cirurgia plástica para eliminar ou reduzir problemas do maxilar e da face.
  • Ortodontista: especializado na correção da posição dos dentes por meio de aparelhos ortodônticos.
  • Periodontista: especializado no diagnóstico e tratamento das doenças da gengiva.

Como se tornar um dentista?
Para se tornar um Dentista, é necessário ingressar num curso de Odontologia reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação) e pelo Conselho Federal de Odontologia. O curso tem duração de 5 anos ou 10 semestres e dá direito a licença pelo Conselho Federal de Odontologia, através do nº de CRO, emitido pelo Conselho Regional de Odontologia de seu estado. Após o término do curso, geralmente realiza-se um curso de especialização, onde o dentista escolhe uma das áreas da Odontologia para atuar Ortodontia, Periodontia, Odontopediatria, Cirurgia, Endodontia, entre outras.